DEPUTADA AO PARLAMENTO EUROPEU

EUROPA COM O MINHO NO CORAÇÃO

“TEMOS QUE ACELERAR POLÍTICAS PÚBLICAS PARA MELHORES SISTEMAS ALIMENTARES”

Isabel Carvalhais foi uma das oradoras da edição especial dos Diálogos da FAO Bruxelas dedicada ao World Food Day2021, que apontou soluções para um futuro com melhores sistemas alimentares. 

 


O gabinete em Bruxelas da FAO – Organização para a Alimentação e Agricultura das Nações Unidas, organizou nesta sexta-feira, 15 de outubro, um evento comemorativo do Dia Mundial da Alimentação, reunindo um vasto painel de especialistas mundiais para debater os sistemas alimentares para o futuro, tendo convidado a eurodeputada portuguesa Isabel Estrada Carvalhais para a sessão inicial de alto nível.

Com o desafio demográfico a pressionar os sistemas alimentares, a deputada considera que “necessitamos de políticas bem desenhadas e articuladas, de forma a que o direito básico à segurança alimentar, e o direito humano à alimentação, seja uma realidade para todos, de forma sustentável e duradoura”.

Referindo-se à visão apresentada pela FAO, “Nossas ações são nosso futuro. Melhor produção, melhor nutrição, melhor meio ambiente e uma vida melhor para todos” Carvalhais alertou para “a necessidade de envolver todos os atores, pois todos somos responsáveis, de alguma forma, pelo sucesso final do caminho que escolhemos para combater a fome”.

A deputada entende ainda que a Europa e o mundo “necessitam acelerar a implementação de políticas com maior impacto nos sistemas alimentares” o que passará, por exemplo, por promover a recolha de melhores dados para melhor desenhar e avaliar políticas públicas, insistir na educação para alimentação saudável nas escolas e famílias, bem como reforçar o apoio e assistência técnica aos agricultores para uma transição para práticas agroecológicas.
É preciso “investir na articulação entre políticas públicas e no reforço do compromisso político na defesa de um sistema alimentar justo e inclusivo”, conclui Isabel Carvalhais.