DEPUTADA AO PARLAMENTO EUROPEU

EUROPA COM O MINHO NO CORAÇÃO

Parar a violência doméstica

Tem-se verificado um aumento da violência doméstica nos Estados-Membros da União Europeia neste período de confinamento. O funcionamento das agências estatais e das organizações da sociedade civil ficaram limitadas e as vítimas têm menos oportunidades para procurarem proteção.

 

Sendo um assunto de enorme gravidade, a deputada Isabel Carvalhais assinou uma carta que pede à Presidente da Comissão Europeia que tome medidas extraordinárias que ajudem a combater a violência doméstica e que protejam os direitos fundamentais dos cidadãos.