DEPUTADA AO PARLAMENTO EUROPEU

EUROPA COM O MINHO NO CORAÇÃO

Fumo branco do Conselho: o bom sinal para o arranque da recuperação da Europa

15/12/2020

Correio do Minho – 12 dezembro 2020   Uma das melhores notícias desta semana foi a chegada a acordo do Conselho quanto ao desbloquear de todas as questões que se encontravam ainda em aberto, para que os fundos e os […]

A herança tóxica de Donald Trump

16/11/2020

  Numa recente reunião que tive com observadores internacionais às eleições norte-americanas do passado dia 03 de Novembro, no âmbito da agenda de trabalho da Delegação do Parlamento Europeu para as Relações entre a União Europeia e os Estados Unidos […]

Uma nova alvorada, um novo dia, uma nova vida…

12/11/2020

POLÍTICA AGRÍCOLA COMUM – UMA REFORMA PARA O FUTURO

02/11/2020

Num tempo de emergência ambiental, é compreensível que muitos desejassem um compromisso ainda maior da PAC sobre esta matéria. Mas será correto dizer-se que esta PAC deita por terra as ambições do Pacto Ecológico Europeu? O Parlamento Europeu (PE) votou […]

Porque (não) falo de Aylan

28/09/2020

A folha virtual aberta no ecrã do computador apresenta um branco que não é menos penoso nem menos frustrante que o branco níveo de uma folha de papel. A possibilidade de lhe diminuir a intensidade do brilho torna-a momentaneamente mais […]

Dar sentido à voz da natureza – porque importa a estratégia da Biodiversidade da Europa

28/09/2020

Next Generation EU – a resposta europeia com esperança para encarar o futuro

17/06/2020

Pacto Ecológico Europeu – Omeleta sem ovos?

16/06/2020

Estratégia do Prado para o Prato – do otimismo das ideias ao pragmatismo dos números

29/05/2020

A Comissão Europeia apresentou esta semana a sua proposta revista para o quadro financeiro plurianual 2021-2027, que engloba também o Plano Europeu de Recuperação da crise provocada pela pandemia do COVID19. A proposta terá ainda de ser negociada pelo Conselho […]

Desfolhando um livro chamado Abril…

24/04/2020

Abrir abril. Desfolhar os seus dias. Chegar à página vigésima quinta. Saborear a leitura do seu poema. E depois, recomeçar. Ano após ano. Em cada ano, encontrar um sentido diferente para o mesmo poema. A minha professora de português do […]