DEPUTADA AO PARLAMENTO EUROPEU

EUROPA COM CORAÇÃO

“As abelhas e outros polinizadores são vitais para o futuro da produção agrícola e da nossa segurança alimentar”

“Salvar as abelhas e os agricultores! Rumo a uma agricultura amiga das abelhas para um ambiente saudável” é o nome da Iniciativa de Cidadania Europeia que recolheu mais de 1 milhão de assinaturas e que levou o Parlamento Europeu a realizar uma audição pública, numa iniciativa conjunta da Comissão da Agricultura e Desenvolvimento Rural e da Comissão do Ambiente, Saúde Pública e Segurança Alimentar, a que se associou a Comissão para as Petições.

 

Os signatários da ICE apelaram à Comissão Europeia para que proponha medidas jurídicas tendo em vista suprimir progressivamente os pesticidas sintéticos, restaurar a biodiversidade e apoiar os agricultores nesta transição, naquela que é a sétima iniciativa de cidadania europeia bem sucedida.

 

Isabel Carvalhais, deputada socialista e membro efetivo da Comissão de Agricultura e Desenvolvimento Rural do Parlamento Europeu, referindo-se ao papel vital dos polinizadores nos ecossistemas e na produção agrícola, lembrou:

 

“75% das plantas cultivadas para a nossa alimentação estão dependentes em algum grau da ação dos polinizadores, pelo que o seu declínio constitui uma ameaça à segurança alimentar no longo prazo.”

 

Falando da necessidade de incorporar de modo mais evidente as questões da biodiversidade nos serviços de aconselhamento e formação agrícola e de promover um maior acompanhamento dos agricultores na implementação de ações que os ajudem na transição para práticas mais ecológicas, a eurodeputada não quis deixar de sublinhar que a sua experiência no terreno lhe tem demonstrado que os agricultores estão profundamente empenhados na defesa da biodiversidade, chamando a atenção para a importância de não se perder o foco das ameaças que pairam sobre a segurança alimentar no longo prazo, destacando ao mesmo tempo a necessidade de se apoiar a agricultura de pequena escala, diversificada e sustentável e de apoiar um rápido aumento nas práticas agroecológicas e orgânicas.

 

Isabel Carvalhais saudou ainda a iniciativa realçando que “as iniciativas de cidadania europeia são dos instrumentos mais enriquecedores da participação cívica ativa que a nossa sociedade tem conhecido nos últimos anos na construção da Cidadania Europeia.”